Dividindo experiências - Gestão Financeira

Você sabia que um condomínio precisa ter um departamento financeiro próprio? Como em qualquer empresa ou negócio, é a área responsável por gerir pagamentos, fazer o controle de custos, elaborar relatórios, demonstrativos e rateios, controlar a inadimplência e fazer as previsões orçamentárias.

A equipe do financeiro também trabalha em parceria com o departamento fiscal para garantir que todas as obrigações tributárias foram emitidas sem erros e dentro do prazo. E atenta para a manutenção dos custos de obras e de outras despesas posteriores.

Mas a boa gestão financeira vai muito além do pagamento das contas nos prazos corretos. "Envolve a redução de custos e a otimização das verbas, viabilizando, assim, investimentos em melhoria das dependências", afirma Núbia Araújo, supervisora financeira no Condomínio Edifício Milano Torino. O resultado dessa atenção é segurança e conforto aos proprietários e ao síndico.

Em um momento de crise como o que o país vive hoje, a responsabilidade do departamento financeiro aumenta ainda mais. "Além de todas as estratégias já aplicadas, colocamos em prática algumas medidas extraordinárias para manter a qualidade dos serviços e manter a saúde financeira do condomínio, minimizando riscos", diz Núbia Araújo.

Esse trabalho deve ser feito sempre com transparência, oferecendo a sensação de segurança que contribui para a tranquilidade de proprietários, administradores e condôminos. "Nós, como administradores, devemos ter como premissa a excelência no atendimento ao cliente", conclui Núbia.